Comunicação

Quando falamos de comunicação nos referimos a um processo no qual, alguém diz a outro alguém, algo, através de algum meio ou canal e com algum efeito. Essa definição nos ajuda compreender que a comunicação é fundamental nas relações humanas. É pôr em comum, comprometer-se com o outro, fazer do outro um interlocutor válido. Vem do latim Comunis que significa comunidade. Portanto, tem que ser um caminho para a construção de comunidade.

A comunicação perde sua força, quando ela se reduz a uma visão instrumentalista, pois ao invés de construir, desumaniza, torna-se impessoal, então os meios passam a ser fins. Isso quer dizer, que a comunicação não se deve reduzir a esses meios, esses são, apenas uma parte importante desse maravilhoso mundo da comunicação.

“Os meios de comunicação, em geral, não substituem as relações pessoais nem a vida comunitária local. Os meios podem, sem dúvida, reforçar e estimular o intercâmbio de experiências e nformações”. (DAp, n. 489)

Ao entender a comunicação como processo de relações, o homem se faz sensível ao reconhecimento do outro, compreender seu ser social por natureza, sabe que não está sozinho, que a seu lado existem outros seres humanos, como ele com qualidades e defeitos, aceita que tem uma missão e que, em seu viver cotidiano, compartilha com os seus, alegrias e tristezas, êxitos e fracassos, sonhos e ideais.